Compartilhar:

Picadeiro na Câmara dos Deputados

A audiência de hoje na Câmara dos deputados, para ouvir o ministro Sérgio Moro, sobre as supostas conversas, vazadas em até agora, não periciadas, foi um verdadeiro circo. Deputados querendo aparecer, brigando por lugar, chamando palavrões… Chegou ao ponto de uma deputada reclamar que o ministro estava excedendo o tempo de resposta… Ora, se estavam ali para ouvir respostas quanto mais completas melhor, não é? Mas a audiência tem por objetivo, não esclarecer fatos, mas tão somente, tentar desgastar a imagem do ministro, que, diga-se de passagem, saiu-se muito bem de todas as tentativas de desgaste. A sessão terminou em bate boca, provocado por um deputado do PSOL quem sem argumentos, partiu para baixaria. Quem saiu arranhada foi a imagem dos políticos de Brasília, que mostram não ter a mínima qualidade intelectual, em sua maioria, para estar ali.

Barrados no baile
Os governadores e prefeitos foram barrados na reforma da previdência. No relatório lido hoje na comissão especial, não constava a participação dos Estados e municípios. Isso se dá, principalmente, pela demagogia e populismo dos governadores do nordeste que, gostariam da reforma, mas não apoiam abertamente. A hipocrisia política de homens sem o menor espírito público prejudicará os Estados que muito necessitam do fôlego financeiro desta reforma.

Violência sem fim
Pernambuco registrou, nas últimas 24 horas, nada menos que cinco homicídios, sendo três no interior e dois na Região Metropolitana do Recife. Em 2019, até agora, já são 1488 assassinatos no estado. Já em relação a assaltos a ônibus na Região Metropolitana do Recife, nas últimas 24 horas, foram cinco ocorrências. Onde vamos parar?

Divisão em Paulista
A entrada de Yves Ribeiro na disputa pela prefeitura de Paulista está dividindo os apoiadores do atual prefeito, Júnior Matuto(PSB). Muitos dos apoiadores do prefeito não concordam com o nome escolhido por ele e tendem a apoiar o ex-prefeito Yves. Essa divisão só favorece  principal adversário do prefeito, o ex-deputado Ramos, que ficou em segundo lugar na eleição passada e é franco favorito mo pleito do ano que vem.

 

Compartilhar: