Compartilhar:

Os trabalhadores em educação da rede estadual de Pernambuco participarão de uma assembleia geral na tarde desta quarta-feira (3), no Recife. A reunião repassará informes gerais e compartilhará com os profissionais detalhes sobre as negociações. Em estado de greve, a categoria não descarta a possibilidade de entrar em greve, que deve acontecer, dependendo dos rumos da negociação com o governo do estado, após as férias escolares.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe), os profissionais reivindicam o cumprimento da lei do piso e a conclusão da Reformulação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV).

Segundo o Ministério da Educação (MEC), em anúncio feito em janeiro, o reajuste do piso salarial dos trabalhadores em educação de 2019 é de 4,17%. Com esse percentual, o salário dos trabalhadores em educação é de R$ 2.557,74, desde 1º de janeiro de 2019. O valor é correspondente ao vencimento inicial, com formação de nível médio e jornada de 40 horas semanais.

Compartilhar: