Compartilhar:

O PSL entrará com uma denúncia no Conselho de Ética da Câmara contra o deputado federal Glauber Braga (PSOL) pelo episódio em que chamou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, de ‘ladrão’.

A afirmação contra Moro dói feita durante participação do ministro em audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal, enquanto Moro prestava esclarecimentos sobre as conversas vazadas pelo site The Intercept.

Glauber Braga afirmou na CCJ, que “a história não absolverá” Moro, que, de acordo com ele, será lembrado como “o juiz que se corrompeu, como um juiz ladrão”.

Compartilhar: