Compartilhar:
A Convenção estadual do MDB de Pernambuco aconteceu na manhã de sábado(6), na sede do partido, no Recife Antigo. Estavam presentes lideranças como Fernando Bezerra Coelho, líder do governo no Senado, o senador Jarbas Vasconcelos, o deputados federal Raul Henry e o deputado estadual Tony Gel, além de prefeitos e vices de todo o estado, também estavam presentes o vice-presidente da executiva estadual do MDB, Fernando Dueire, a ex-deputada estadual Miriam Lacerda, e o deputado e filho de Fernando Bezerra, Antonio Coelho (DEM).

Raul Henry falou das recentes divergências dentro do partido, que aconteceram entre ele e o senador Fernando Bezerra, e que teriam ficado no passado.

Para 2020, o senador Fernando Bezerra afirmou que as decisões sobre alianças e candidaturas caberão à executiva estadual do partido, liderada pelo deputado Raul Henry.

Raul Henry ponderou que ainda é cedo para discutir candidatura própria à Prefeitura do Recife, em 2020. Segundo o deputado, também não há discussão sobre a possibilidade de uma oposição ao PSB.

Fernando Bezerra lamentou o posicionamento dos governadores do Nordeste com relação à aprovação da reforma da Previdência, e se disse particularmente triste com Paulo Câmara, que, nas palavras do senador, “soltou uma nota incompreensível”. Ele ainda chamou o posicionando contra a reforma da Previdência de populismo eleitoreiro e barato.
Compartilhar: