Compartilhar:

O juiz aposentado André Rui de Andrade Albuquerque, de 59 anos, foi preso hoje (10), após condenação proferida pela Justiça de Pernambuco, em segunda instância. Ele foi condenado pelos crimes de estelionato, falsificação de documentos públicos e privados, corrupção e ocultação de bens.

Segundo a Polícia Civil, ele vendia sentenças e praticava fraudes, em conluio com advogados, oficiais de Justiça e empresários, quando atuava na 1ª Vara Cível de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

No ano de 2004, ele foi acusado de falsificar sentenças para facilitar um golpe de R$ 990 mil, contra um aposentado que tinha a fortuna disputada por herdeiros.

Após dua prisão na Operação Mãos Dadas, do tribunal junto com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), André Rui foi o primeiro juiz a ser aposentado compulsoriamente pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), em 2007.

A pena do juiz foi fixada em 17 anos de reclusão e 300 dias-multa, sendo um dia-multa equivalente a dois salários mínimos à época do fato, ou seja, R$ 260.

Compartilhar: