O ex-deputado Jean Wyllys criticou, nas redes sociais, a Polícia Federal, logo após a Operação Spoofing, na qual foram presos quatro pessoas suspeitas de invadir o celular do ministro Sergio Moro e outras autoridades.

“Eu não sei o que é mais ridículo: a operação da PF que fabricou um “hacker” em Araraquara para criar cortina de fumaça em relação aos crimes de Moro denunciados por The Intercept ou a cobertura do Jornal O Globo sobre o caso. Que vergonha!”, escreveu Jean.

Parece que o cerco contra o Intecept e seus integrantes vem se fechando, o que causa bastante temor por parte daqueles que estão envolvidos, de alguma forma, com os crimes cibernéticos e outros crimes correlacionados ao caso.