O prefeito Miguel Coelho assinou um decreto inovador nesta quarta-feira (31) para extinguir o uso de papel nas repartições municipais de Petrolina. Denominada “Petro Online”, a plataforma substituirá a obrigação de emitir documentos impressos como ofícios, circulares, licitações, memorandos entre outros. Com a medida, que começa a ser implantada nesta semana nas secretarias, a previsão é economizar cerca de R$ 4 milhões e deixar de consumir 2,5 milhões de folhas de papel por ano.

Será a primeira vez que um município pernambucano adota o modelo 100% digital para as repartições municipais. Ao invés de imprimir, os servidores da prefeitura irão operar com envio e recebimento dos documentos pela internet e por uma plataforma de dados digital. Até a assinatura com caneta será trocada por um carimbo digital do funcionário público responsável, inclusive, o prefeito, que no evento de anúncio, emitiu o decreto com sua rubrica personalizada online.

Além da economia e sustentabilidade, a medida garantirá agilidade no andamento dos trâmites burocráticos, reduzindo em até 700% o tempo de espera do cidadão para receber respostas da prefeitura. “Não foi o Recife, nem Salvador, é uma cidade aqui na caatinga que decidiu ousar numa mudança tão profunda, mas necessária. Estamos investindo na inovação, na preservação do meio ambiente e num serviço com menos burocracia e mais facilidade para a população”, resumiu o prefeito Miguel Coelho sobre a implantação do modelo digital.